Uma página sobre o eléctrico, de hoje e de ontem...
.Quem Tem Viajado

contadores web
   
.Mais sobre mim
.Pesquisar neste blog
 
.Posts recentes

CARREIRA Nº 28 - MARTIM M...

CARREIRA Nº 28 - GRAÇA - ...

CARREIRA Nº 28 - RUA DA C...

CARREIRA Nº 27 - CAMPOLID...

CARREIRA Nº 25 - R. ALFÂN...

CARREIRA Nº 25 / 26 - EST...

CARREIRA Nº 25 / 26 - EST...

CARREIRA Nº 24 - CARMO - ...

CARREIRA Nº 22 / 23 - S. ...

CARREIRA Nº 22 / 23 - S. ...

.Outras carreiras
Tags

todas as tags

.Arquivos

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2007

blogs SAPO
subscrever feeds
Quem Viaja
online
Domingo, 23 de Novembro de 2008
CARREIRA Nº 3 - POÇO DO BISPO - ARCO DO CEGO

Em 1972 e na sequência de uma "determinação superior", a Carreira 3 deixou de circular na Av. da República e no Campo Pequeno, sendo encurtada à estação do Arco do Cego. Três anos mais tarde, esta carreira foi prolongada do Largo dos Caminhos de Ferro ao Poço do Bispo.

 

Foi suprimida em 1991.

 

Percurso:

 

Praça David Leandro da Silva (Poço do Bispo), Rua do Açúçar, Rua do Beato, Rua de Xabregas, Madre de Deus, Calçada da Cruz da Pedra, Rua de Santa Apolónia, Largo Caminhos de Ferro, Estação de Santa Apolónia, Lg. Chafariz de Dentro, R. Terreiro do Trigo, Campo das Cebolas, Rua da Alfândega, Rua da Prata (sentido ascendente) / Rua dos Fanqueiros (sentido descendente), Praça da Figueira, Poço do Borratem (sentido ascendente) / Rua da Palma (sentido descendente), Largo Martim Moniz, Rua da Palma, Av. Almirante Reis, Largo de Santa Bárbara, Jardim Constantino, Largo e Rua D. Estefânia, Arco do Cego (terminal).

 

Os locais

 

Poço do Bispo (chegada de um eléctrico)

 

 

Poço do Bispo - a Soc. Abel Pereira da Fonseca 

 

Poço do Bispo - Terminal 

 

Rua do Açúcar - Mitra 

 

Beato

 

Calçada de D. Gastão / Rua de Xabregas

 

Viaduto de Xabregas 

 

Rua de Xabregas / Madre de Deus

 

Madre de Deus

 

Calçada da Cruz da Pedra

 

Largo dos Caminhos de Ferro 

 

Estação de Santa Apolónia / Traseiras do Museu Militar

 

Rua Teixeira Lopes (zona fronteira à fachada principal da Estação de Santa Apolónia)

 

Museu Militar

 

Largo do Terreiro do Trigo

 

R. Cais de Santarém / Campo das Cebolas 

 

Campo das Cebolas

 

Rua dos Fanqueiros 

 

Praça da Figueira

 

Largo Martim Moniz

 

Rua da Palma / Av. Almirante Reis

 

Largo de Santa Bárbara

 

Rua Passos Manuel

 

Jardim Constantino

 

Rua Pascoal de Melo

 

Largo D. Estefânia

 

Rua D. Estefânia

 

Arco do Cego

 

 

Conduzido por Visitante às 22:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
18 comentários:
De * * Grilinha * * a 24 de Novembro de 2008 às 02:58
35 anos depois (mais coisa menos coisa) refiz o percurso de vários anos da minha adolescência e juventude pelas fotos que aqui colocaste.

Poço do Bispo/Beato/Xabregas/Made Deus e vice-versa

A verdade é que comecei aquele percurso bem mais cedo.
Há uns 44 anos (xiii tou mesmo velha) comecei aquele mesmo percurso na carrinha do Colégio Camilo Castelo Branco (ficava a meio da R Xabregas).

Ai ai ... sabe bem recordar
De Visitante a 25 de Novembro de 2008 às 00:07
Eu faço questão de usar estas fotos antigas, a esmagadora maioria das quais disponíveis no Arquivo Municipal de Lisboa, para que se possa difundir um pouco mais a memória de Lisboa.

Estou a "cozinhar" outro projecto, que não será original mas que irá ser abordado mais tarde.

Beijinho, Grilinha
Visitante
De José Almeida a 18 de Março de 2010 às 12:18
Também fiz esse percurso, do Camilo Castelo Branco até ao Poço Bispo.. :) Não foi há tanto tempo, foi há 20 anos atrás... saudades....
De Estupefacta a 24 de Novembro de 2008 às 09:02
Porque será que algumas me são tão familiares? Foi bem giro viajar pelo tempo. As coisas estão bem diferentes. Lembro-me bem do Poço do Bispo e da Rua da Manutenção...
O meu caminho de todos os dias.
Beijinhos
De Visitante a 25 de Novembro de 2008 às 00:10
Estupefacta, é uma questão de se avivar a memória.

Afinal, quer se queira ou não, o carro eléctrico faz parte da paisagem de Lisboa.

(Espero que a tua Maria goste de ver estas imagens, algumas das quais no tempo em que tu própria não eras nascida )

Beijinho
Visitante
De Que sera....sera. a 28 de Novembro de 2008 às 21:45
Adorei a viagem.
Obrigado pelo passeio que tantas recordações trazem.
Um abraço.
Dóris.
De Visitante a 30 de Novembro de 2008 às 13:05
De nada, Doris

E os passeios vão continuar!!!

Beijinho
Visitante
De TiBéu ( Isa) a 11 de Dezembro de 2008 às 00:27
Gostei tanto de recordar e reviver estas caminhos, meu deus até a lagrima veio ao olho. Obrigada visitante uuu.gif
De Visitante a 11 de Dezembro de 2008 às 08:45
E (posso dizê-lo com inteira propriedade), "está na calha" uma recordação de mais uma carreira.

Beijinho, TiBéu
Visitante
De Agostinho Sobreira a 30 de Janeiro de 2009 às 23:22
Vim parar a este BLOG quando procurava o fotografo Artur Goulart .
Fiquei muito satisfeito, e não dou o meu tempo por perdido, pois adorei o seu tema, além de reviver o meu antigo sítio. Nasci e cresci em Xabregas, agora estou na margem sul, mas sempre a olhar para Lisboa. Tenho também um BLOG com o tema RUAS DE LISBOA COM ALGUMA HISTÓRIA e neste momento estou a publicar a Avenida Mouzinho de Albuquerque a Santa Apolónia.
Tenho livros sobre eléctricos e muitas fotos de eléctricos, se necessitar alguma coisa é só dizer.
Pelo seu email penso que nasceu em 1956 eu só nasci vinte anos antes.
Um abraço
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Vim parar a este BLOG quando procurava o fotografo Artur Goulart . <BR>Fiquei muito satisfeito, e não dou o meu tempo por perdido, pois adorei o seu tema, além de reviver o meu antigo sítio. Nasci e cresci em Xabregas, agora estou na margem sul, mas sempre a olhar para Lisboa. Tenho também um BLOG com o tema RUAS DE LISBOA COM ALGUMA HISTÓRIA e neste momento estou a publicar a Avenida Mouzinho de Albuquerque a Santa Apolónia. <BR>Tenho livros sobre eléctricos e muitas fotos de eléctricos, se necessitar alguma coisa é só dizer. <BR>Pelo seu email penso que nasceu em 1956 eu só nasci vinte anos antes. <BR>Um abraço <BR class=incorrect name="incorrect" <a>APS</A> <BR>
De Visitante a 1 de Fevereiro de 2009 às 17:32
Olá, Agostinho

Os velhos "chassos" de Lisboa serão sempre uma das minhas paixões.

Por outro lado, divulgo um pouco do que era a nossa cidade em tempos idos.

Sinta-se sempre à vontade para visitar este cantinho.

Um abraço
Visitante

P.S.: Obrigado pela sua disponibilidade
De LCF a 14 de Abril de 2009 às 15:44
Parabéns pelas fotos! Mas há informação factual que não está completamente correcta. Esta carreira 3 é a mesma que aparece num post anterior; e o encurtamento à Estação do Arco do Cego é salvo erro de 1975 e não 1972.
De Visitante a 14 de Abril de 2009 às 18:41
Olá, LCF, e sinta-se à vontade nestas paragens.

Tem absoluta razão quanto ás datas, e agradeço a sua rectificação.

Quanto à repetição, eu tenho seguido o critério de repetir as carreiras quando as alterações são substanciais.

Se reparar, fiz o mesmo em relação ás carreiras 1 e 2.

Os seus comentários serão sempre bem vindos.

Cumprimentos
Visitante

De LCF a 14 de Abril de 2009 às 18:46
Ah, mas então o 3 anterior também devia estar partido em vários :) É que a versão original era Poço do Bispo/Campo Pequeno (via Avenida), depois passou a Caminhos de Ferro/Campo Pequeno (via Avenida) e só nos anos 40 é que passou a ir pelos Anjos. Daí, aliás, a justificação para o 3A não ser antes 2B...

Já agora, talvez ache interessante a minha página sobre o tema: http://www.math.ist.utl.pt/~lcf/CCFL/
De Visitante a 14 de Abril de 2009 às 22:00
Eu sei disso, LCF.

Mas achei por bem expôr aqui as versões mais recentes das carreiras.

É que este é um blog essencialmente fotográfico.

Como tal, eu começaria a ter um problema - que v. decerto já deve ter visto nestes posts - : a escassez de fotos de alguns locais, levando a que tivesse de usar fotos repetidas.

E longe de mim querer substituir-me a quem efectuou estudos e recolhas tão pacientes e completas como a que está no seu site.

... Do qual, aliás, lhe dou uns sinceros parabéns!!!

Cumprimentos
Visitante
De Viajante a 26 de Abril de 2009 às 12:00
Obrigado pela viagem.
De Visitante a 27 de Abril de 2009 às 09:09
De nada, Viajante

Sinta-se á vontade para ocupar lugar, aqui não tem de pagar bilhete.

Cumprimentos
Visitante
De António Carvalho a 31 de Agosto de 2010 às 22:49
Lembro-me de em 1961/62 pagar 2 tostões por uma viagem de eléctrico!

Comentar post